Você sabe o que é um E-Commerce

Para aqueles que têm alma empreendedora, mas não tem capital suficiente para iniciar o próprio negócio, temos uma possibilidade: o E-commerce. A Karpos lhe mostra alguns detalhes desse modelo de negócio.

Com a nova disposição do mercado na atual conjuntura, aliada as novas tecnologias, surgem modelos de negócios adaptáveis e que podem ser altamente rentáveis.

Dessa forma, vamos analisar essa oportunidade para empreender, o E-commerce, ou, comércio online.

Este tipo de negócio pode ser uma boa opção para quem não conta com muita grana em mãos para começar a empreender.

Neste post você encontrará:

  • O que é o E-commerce?
  • Ponto de vista do cliente.
  • Ponto de vista do empresário.
  • Como ele pode ajudar você a empreender?

Boa leitura!

O que é um E-commerce?

E-commerce significa “electronic commerce”, sua tradução significa “comércio eletrônico”, ou seja, uma loja virtual, com seus produtos sendo disponibilizados em “vitrines eletrônicas”, que são os sites. Suas vendas se efetivam em plataformas eletrônicas, como computadores, tabletes, celulares, etc.

Toda a transação comercial do e-commerce se dá pela rede, desde a divulgação dos produtos no site da loja, a escolha do produto pelo cliente, até a finalização do pedido com o pagamento, sendo este processo efetivado na íntegra pelos meios digitais.

Deste modo, dá-se uma nova roupagem ao comércio tradicional, em que se tem a necessidade de ter uma loja física, com diversos funcionários para as vendas, os caixas, tendo um estoque na própria loja, pagar os impostos para a prefeitura local, dentre mais onerosidades que o empreendedor enfrenta.

Sendo assim, tudo digital, a única parte do negocio que se dá no mundo físico, é a logística, ou seja, a entrega do produto na residência do comprador.

Ponto de vista do cliente

É notável que um produto em um site ostente um valor de mercado menor do que um produto disponibilizado em uma loja física do mercado tradicional, haja vista as supracitadas onerosidades, como funcionários, aluguel de ponto, etc.

Consequentemente, são inúmeros os motivos que levam os consumidores a optar pelas compras online, por exemplo, a conveniência de não ter de se deslocar até uma loja, economizando tempo, que é um fator de extremo valor nos dias de hoje.

A possibilidade de entrega de seu produto em casa, ou mesmo que tenha que se deslocar para buscar a encomenda nos correios, que gasta muito menos tempo e esforço do que ter que entrar em uma loja, escolher, pagar, etc.

Existe também uma variedade de produtos a disposição de um clique do cliente, e, com mais opções, literalmente, em mãos, a compra se torna mais viável de forma digital.

Outro fator considerável é a facilidade de comparação dos produtos, principalmente em relação a marcas, cores, tamanhos, bem como ao preço, que é um fator muito forte na hora de fechar uma compra.

Logo, é interessante analisar todos estes fatores que incidem na hora da escolha de uma compra em local físico ou de forma digital. Cabe ao consumidor mensurar o que é mais viável no momento em que se tem a necessidade de comprar, haja vista existirem produtos que demandam escolhas mais minuciosas.

Ponto de vista do empresário

É sabido que uma das maiores barreiras, se não a principal, é a ausência de capital para se iniciar, e, além disso, sustentar o seu negócio, levando-se em consideração que este precisa funcionar por um tempo mínimo necessário para se solidificar no mercado e dar os tão sonhados frutos.

É nesse sentido que um E-commerce pode auxiliá-lo, com custos consideravelmente reduzidos, esta é uma modalidade de negócio viável para qualquer pessoa que sonha em empreender.

Não sendo necessário citar a redução em outros pontos de um negócio, como as já mencionadas questões com funcionários, local, etc.

Como ele pode ajudar você a abrir o seu negócio?

Geralmente, neste modelo de negócio, são vendidos produtos que são encontrados em locais físicos, em lojas do centro da cidade ou em shoppings, por exemplo.

A diferença é que, quando pensamos no que é E-commerce, é necessário entender que tudo isso acontece pela internet.

Na verdade, a internet facilita a venda de quase tudo que existe. Basta anunciar em sites de classificados ou compartilhar algo relevante nas redes sociais que rapidamente surgem dezenas de interessados em negociar o que você está vendendo.

Como o capital a ser investido é baixo se torna uma oportunidade ótima para começar.

Logo, levando-se em consideração a internet tratar-se de um local totalmente democrático e acessível, as possibilidades estão dispostas para todos que as buscam. É dessa forma que a expansão digital influi em nossas vidas, de uma maneira positiva, trazendo melhorias e novas oportunidades.