Meios de pagamentos eletrônicos

Nas relações comuns de mercado, o pagamento de uma compra com a utilização de cédulas e moedas está perdendo espaço para os meios eletrônicos, ainda mais em tempos de pandemia com a possível transmissão de vírus por meio do dinheiro físico.

Logo, nada mais plausível que a adaptação a este novo panorama, e ainda melhor, a inserção de novos meios de pagamentos mais eficientes a este ecossistema.

Imagine agora, realizar transferências a qualquer hora do dia por meio do seu smartphone com tarifas mais baixas, bem como que o dinheiro seja depositado na conta do recebedor de forma instantânea.

Acredite, isso será possível em breve.

Este tipo de operação está na iminência de se concretizar no Brasil, segundo informações do BACEN – Banco Central, o qual criou um sistema de pagamentos instantâneo chamado PIX. Seu lançamento está previsto para novembro de 2020, resta-nos aguardar.

Como este não é o foco deste post e temos um artigo exclusivo elucidando questões acerca do PIX, convido você a clicar no link e ler a matéria (link).

Vale salientar que este meio de pagamento só irá proporcionar benesses aos empreendedores e a população.

Vejamos o que são pagamentos instantâneos, quais são os seus benefícios e se é seguro.

O que são pagamentos instantâneos?

Um meio de pagamento instantâneo nada mais é do que uma forma de pagamento realizado de forma eletrônica, ou seja, sem a utilização de dinheiro físico, e seu grande diferencial é a velocidade com que se processa a transação.

Ele permitirá que qualquer pessoa que tenha um smartphone em mãos possa realizar transferências e pagamentos com custos reduzidos, levando-se em consideração os meios disponíveis hoje, como a TED – Transferência Eletrônica Disponível e o DOC – Documento de Ordem de Crédito.

Este modelo promete ainda realizar a transação em poucos instantes, proporcionando agilidade e eficiência. Além do mais, funcionará todos os dias do ano, até mesmo em feriados nacionais, bem como disponibilizará o recurso financeiro para o recebedor em poucos instantes. Sendo assim, esse sistema dispensa maquininhas de cartão e os próprios caixas eletrônicos.

Vale salientar, ainda, que este sistema não é novidade mundo afora, pois hoje temos mais de 35 países que já o utilizam, citamos como exemplos os aplicativos AliPay e WeChat Pay, utilizados na China. 

Quais são os benefícios dessa nova forma de pagamento?

Para os empresários

Os empresários terão uma menor onerosidade, pois não será mais necessário a utilização das máquinas de cartão, o que diminui o custo com o aluguel ou compra delas.

Redução das taxas de transações, com isso você pagará menos para oferecer essa nova forma de pagamento aos seus clientes.

E uma das melhores novidades desses meios de pagamentos instantâneos é que não será preciso esperar os 30 dias para o dinheiro fique disponível na conta do recebedor, ou mesmo pagar taxas mais altas para antecipar os recebíveis, afinal o dinheiro é disponibilizado na conta imediatamente.

Para a população em geral

Esta será beneficiada tanto na hora de pagar, como quando precisar realizar uma transferência, pois o valor é transferido em tempo real, não havendo a necessidade de você se munir de dinheiro em espécie ou mesmo cartão para realizar pagamentos, haja vista a possibilidade de realizar tudo por meio do smartphone.

É um meio de pagamento seguro?

Em relação à segurança este sistema utiliza a tecnologia QR Code, que dispõe de algumas camadas de segurança, como senha e atualização do código a cada intervalo de tempo. Ou seja, é um meio que imprime a tecnologia adequada para transparecer segurança.

Dessa forma, como o Brasil já aderiu a esta modalidade de pagamentos, ficaremos na expectativa para o lançamento do nosso mais novo meio de pagamento eletrônico instantâneo, o PIX, para comprovar se atendará nossas demandas e facilitará realmente este ecossistema.