Educação financeira desde a infância.

O futuro dos seus filhos é assunto sério para os pais. Dessa forma, educá-los financeiramente desde a tenra idade, é uma excelente ideia. A Karpos separou algumas dicas para orientar os papais.

É claro que quem ama cuida, assim, cuidar do futuro do seu filho é também cuidar para que ele se torne uma pessoa financeiramente organizada. Dessa forma, a Karpos traz algumas dicas simplórias, mas de grande valia para os pais aplicarem, com antecedência, na vida de seus amados filhos.

Boa leitura!

Comece desde cedo…

Sabe aquela mesada que todas as crianças gostam de ganhar? Ou mesmo aquelas “moedinhas” que geralmente os avós e tios dão as crianças? Então, comece por aí, eduque seu filho para que este guarde o que não tem necessidade ainda de gastar.

Ou mesmo, ajude-o a planejar a compra de um determinado brinquedo que queira, ou passeio com os amiguinhos ou com a classe da escola em que estuda.

Isso não faz mal a criança, de forma alguma, é um favor imensurável ajudar seu filho a ser financeiramente organizado desde tão cedo. Mostrando a ele o caminho certo, você como pai, verá que não precisará se preocupar tanto quando ele tiver capacidade para dar seus próprios passos.

A primeira Conta bancária

A educação financeira é um assunto basilar, que deve ser inserido na vida das pessoas desde os primeiros anos de compreensão, para que seus frutos possam ser colhidos o mais cedo possível.

Por que então não abrir uma conta digital para o seu pequeno?

A maioria das crianças de hoje tem smartphone, elas mesmas podem acompanhar sua poupança pelo celular, ou se o pai preferir, ele mesmo pode gerir a poupança do filho. Mas a ideia central é instruí-lo a andar com suas próprias pernas em suas finanças.

Existem contas gratuitas, que oferecem rendimentos pelo dinheiro que fica guardado na conta, ou mesmo ofertam opções de guardar o dinheiro para que este não possa nem mesmo ser usado como débito.

Ou seja, esta é uma ótima opção para se começar!

Por que investir em educação financeira?

É uma questão muito prática e pertinente, o investimento em educação financeira elimina possíveis situações futuras que todos estão sujeitos a passar se não forem organizados em suas finanças.

Você já deve ter ouvido um amigo dizer que já passou por necessidades, não pode comprar o que deseja na hora que quer, nunca sobra dinheiro para o final do mês, a fatura do cartão está nas alturas, etc. ou mesmo você próprio passa ou já passou por isso.

Pense bem se você gostaria de ver seu filho em alguma situação parecida, sem possibilidades de realizar seus sonhos por falta de dinheiro. Tem plena certeza que não quer!!!

Logo, muito melhor do que fazer seus gostos ou entregar dinheiro aos filhos sem sentido nenhum, é educá-los financeiramente, mostrando-os o real valor do trabalho e quão benéfico será que eles saibam guardar, economizar e, quem sabe, e por que não, investir seu dinheiro.

Gostou do conteúdo? Tem muito mais aqui no Blog da Karpos, fique à vontade, a casa é sua. Em caso de dúvidas ou sugestões, você pode fazer contato com a gente através do link. Até a próxima!