Como se reinventar na pandemia?

Enxergue as novas possibilidades que são criadas nos momentos de crise. Um verdadeiro empreendedor se reinventa para qualquer situação. Karpos!

A atual situação de pandemia, causada pela Covid-19, enseja uma preocupação mais acentuada na vida dos empreendedores. Sendo que ser empreendedor, por si só, já demanda muito mais garra e força de vontade de quem se dispõe a este estilo de vida, que muito se diferencia da vida de uma pessoa que tem emprego fixo.

O empreendedor tem plena consciência que os problemas da empresa são seus problemas, ele acorda e vai dormir com suas pendências, podendo delegar algumas funções, mas nunca se distanciar de nada dentro da empresa. Resumidamente, o empreendedor é a coluna dorsal do seu negócio.

Portanto, com o impacto causado pela crise, os empreendedores, além do susto, descobriram uma maneira de se reinventar e buscar por novas oportunidades de aprimoramento profissional que podem proporcionar muito mais lucro para o seu próprio negócio.

Vamos ver algumas possibilidades trazidas pela pandemia que impactaram de forma positiva nos empreendimentos.

Presença online

Todos sabem que uma forte presença nos meios de comunicação auxilia, e muito, o desenvolvimento do empreendimento. Além da dantesca diferença nos custos com local físico, como pagamento de funcionários, instalações, alugueis, estoque de mercadorias, etc., o campo de atuação do seu negócio é sem fronteiras, literalmente.

A internet é uma rede global, onde a grande massa das pessoas tem acesso quase que 24 horas por dia, todo o mundo hoje está conectado. Dessa forma, pode-se dizer que a promoção do seu negócio pelas redes sociais terá um alcance muito maior, veloz e mais eficaz.

Sendo assim, migrar o negócio para o atendimento online proporcionou certa estabilidade para diversos segmentos, sendo possível que continuassem de portas abertas durante a pandemia.

Aplicativos de delivery e de comunicação, como redes sociais, se tornaram ferramentas de vendas e de promoção do negócio em tempos de isolamento social.

É de bom tom que o empresário, mesmo após pandemia, continue com sua presença online, isso irá exponenciar ainda mais o seu negócio, tornando-o menos oneroso e, consequentemente, mais lucrativo.

Home office

O home office é uma modalidade de trabalho já existente há algum tempo, mas não era muito praticada, principalmente em cidades do interior. Porém, esta realidade foi modificada tendo em vista a necessidade de isolamento social. Não se pode ir ao trabalho, mas ele deve ser entregue. A solução é trabalhar de forma remota.

Redução dos gastos

Como já mencionado, o negócio físico demanda muito mais capital para investimentos. Como a pandemia trouxe a modalidade de home office para o empreendedor, seus custos com algumas despesas fixas foram significativamente reduzidos, como exemplo temos o custo com o traslado dos funcionários, alimentação, locação de instalações, redução de gastos com viagens para reuniões, etc.,

É evidente que os reflexos da pandemia não podem ser considerados positivos em sua grande maioria, porém, infelizmente, estamos em meio a esta situação e temos que transpô-la e dar tempo ao tempo.

Portanto, como não existe previsão de quando a pandemia irá acabar é preciso adaptar-se, criar e se reinventar.

Analisar novas possibilidades e aferir o que pode ser feito para manter o negócio ou mesmo mudar o nicho ou focos antigos. Adequar-se ao novo. Afinal de contas, é justamente em momentos difíceis, de crise, que surgem as melhores oportunidades. Só precisamos enxergá-las.